Emanuel Carneiro

Coluna do Emanuel Carneiro

Veja todas as colunas

A Copa América do Brasil

Aqui estiveram grandes craques do nosso continente que atuam e brilham em outros países

09/07/2019 às 05:58


A Copa América vencida pelo Brasil no Maracanã mostrou a força do futebol sul-americano em todos os sentidos.

Aqui estiveram os grandes craques do nosso continente que atuam e brilham em outros países, principalmente na Europa.

Há uma diferença de valores monstruosa entre a realidade dos nossos clubes e a pujança financeira das grandes corporações do velho continente. Isso já deixou se ser há muito tempo apenas comparação de números, mas mostra a dura realidade entre as economias de lá e a desse lado do mundo.

De qualquer maneira, continuamos produzindo grandes craques e, se não fosse a pressa de vender as revelações para quitar dívidas urgentes, poderíamos ter nos nossos gramados mais brilho técnico e mais público. 

É lamentável a repetição irritante de dirigentes de ficar criticando tudo sem exceção. 

Os argentinos que ainda pensam ter um mundo de craques além de Messi, cumpriram um triste papel. A seleção dos hermanos se classificou para a Copa da Rússia no apagar das luzes e veio para a Copa América no Brasil com um técnico interino e alguns jogadores medíocres. 

Haverá uma nova Copa América em 2020, com novo modelo, disputada simultaneamente em junho na Argentina e na Colômbia, com repetição a cada quatro anos em rodizio de países. Tomara que dê certo.

A nova diretoria de CBF está cheia de esperança de novos tempos depois do desastre da era Ricardo Teixeira/Marin.

O povo sul-americano continua apaixonado pelo futebol e precisamos nos preparar para um futuro Mundial de Clubes onde só vai jogar peixe grande.

Temos história, clubes centenários, qualidade técnica.

Se organizar, vamos dar trabalho. Se ficar como está, permaneceremos por mais um longo tempo no terceiro mundo da bola. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    As queimadas e as mudanças climáticas operam em um ciclo vicioso: quanto mais queimadas, mais emissões de gases de efeito estufa e, quanto mais o planeta aquece, maior será a ...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    As queimadas e as mudanças climáticas operam em um ciclo vicioso: quanto mais queimadas, mais emissões de gases de efeito estufa e, quanto mais o planeta aquece, maior será a ...

    Acessar Link