Notícias

Abandono total das ferrovias na Zona da Mata causa prejuízos no comércio e turismo

Por Redação, 01/08/2018 às 11:36
atualizado em: 03/08/2018 às 12:27

Texto:

A equipe da Itatiaia chega a cidades da Zona da Mata de Minas Gerais com a série 'Fora dos Trilhos - O mineiro perdeu o trem?'. A região está entre as mais atingidas pelo fim de quase todas as operações ferroviárias. Na estação central de Viçosa, atualmente desativada, a reportagem entrevistou Gerson Morais, membro de uma Organização Não Governamental (ONG), que luta para usar parte dos trilhos em projetos voltados para o turismo. 

OUÇA A REPORTAGEM COMPLETA COM ALESSANDRA MENDES E RAFAEL NONATO!

Moradores que presenciaram o auge e agora convivem com o abandono contam suas histórias.  O funcionamento dos trens existe somente em fotos e lembranças. "Me dá muito tristeza você ver que está desperdiçando e não vê um trem rodando, não vê nada”, lamenta o ferroviário aposentado Elias Costa, morador da pequena cidade de Teixeira, onde há estações abandonadas. 

'Com o abandono das linhas, nós vimos uma decadência muito grande vindo ano a ano na nossa região', conta Gerson Morais.

Já viu um biciclotrem? Clique no link e veja mais fotos, áudios e vídeos sobre a Série especial.

Leia também!

Empresários lamentam falta de transporte ferroviário em MG, com custo seis vezes menor

Série especial da Itatiaia informa, denuncia e conta histórias sobre as ferrovias mineiras

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O rapaz chegou a ser preso em flagrante um dia após o acidente, foi beneficiado com alvará de soltura em 8 de janeiro do ano seguinte e aguardou o julgamento em liberdade.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    "Se a classe política achar que as distorções causadas pelo imposto são piores que os 30 milhões de desempregados sem carteira que tem aí, eles decidem", afirmou.

    Acessar Link